segunda-feira, 17 de julho de 2017

Romeu e Julieta



"Tem sido visto ali muitas manhãs, acrescendo ao orvalho suas lágrimas, nublando as nuvens com suspiros profundos".

"-E o que alonga as horas de Romeu?
-A falta do que possa torná-las curtas.
-Amor?
-Sua falta.
-Do amor?
-Das graças da que tem o meu amor".

"É pena que o amor de olhar velado, mesmo cego descubra o desejado".

"O amor é fumo de um suspiro em chama que faz brilhar os olhos de quem ama".

"Não cede ao cerco das palavras ternas, nem aos golpes do assalto dos olhares, e nem ao ouro que seduz os santos. (...) Pois beleza com tal austeridade rouba beleza da posteridade. (...) Abjurou o amor e, por fazê-lo, é morto em vida quem vive a dizê-lo".

"Mais bela que a que amo? O sol que brilha em outra jamais viu tal maravilha".

"Grudado ao chão, mal posso caminhar. Mas amante pede asas ao Cupido pra voar muito acima disso. A sua flecha foi tão fundo em mim que não dá pr'eu voar com suas penas. Não alcança mais alto que um suspiro. 'Stou me afogando ao peso desse amor. Quando vai fundo, o amor é sempre um peso. E sempre oprime algo de delicado. O amor é delicado? É antes bruto, rude demais e, espeta como um espinho".

 "Ela é quem ensina as tochas a brilhar, e no rosto da noite tem um ar de joia rara em rosto de carvão. É riqueza demais pro mundo vão. Como entre corvos pomba alva e bela. Entre as amigas fica essa donzela. Depois da dança, encontro o seu lugar, pra co'a mão dela a minha abençoar. Já amei antes? Não, tenho certeza; pois nunca havia visto eu tal beleza".

"O brilho de sua face ofuscaria os astros como o dia faz à chama".

"Se me chamar de amor, me rebatizo".

"Com as asas do amor saltei o muro, pois não há pedra que impeça o amor; E o que o amor pode o amor ousa tentar".

"Seu olhar me deixa protegido do inimigo"

"Antes que perder a vida por seu ódio que, sem o seu amor, não morrer logo".

"Minha afeição é como um mar sem fim. Meu amor tão profundo. Mais eu dou mais eu tenho, pois ambos são infinitos".

"-Esqueci porque eu o chamei.
- Deixe que eu fique até você lembrar
- Vou esquecer só pra você ficar, e eu pensar como é bom tê-lo aqui perto.
- Eu fico, pra você esquecer sempre, e esqueço até que tenho outro lar".

"Mas nem a maior dor anula a linda troca de alegrias que um minuto me dá por vê-la aqui. Se juntas nossas mãos com bênção santa, que a morte, que devora o amor, ataque: pra mim basta poder chamá-la minha".

"Pois Vênus não sorri em meio a lágrimas".

Livro: Romeu e Julieta
Autor: William Shakespeare


Nenhum comentário:

Postar um comentário